COMERCIALIZAÇÃO AGRÍCOLA: Reparação de silos custa 25 milhões de meticais

Por Angelina Mahumane
angelina.mahumane@snoticicas.co.mz

A Bolsa de Mercadorias de Moçambique (BMM) precisa de cerca de 25 milhões de meticais para corrigir erros cometidos durante a construção dos complexos silos: uns não funcionam porque não têm Postos de Transformação (PT), outros têm balanças que não respondem ao requerido nos cadernos de encargo e outros apresentam problemas mecânicos diversos.

O presidente de Conselho de Administração (PCA) da BMM, António Grispos, disse à nossa Reportagem que foram detectadas várias anomalias mecânicas e eléctricas nos silos construídos recentemente em todo o país e que se encontram sob a gestão daquela entidade.

Temos estado a corrigir estas situações e algumas ultrapassam o nosso nível de intervenção em função dos recursos que temos. Em geral, são problemas que foram identificados quando as infra-estruturas foram postas a funcionar”.

Como consequência dessas falhas, a BMM precisa de cerca de 25 milhões de meticais para corrigir todas as imperfeições e ainda instalar alguns armazéns em distritos produtivos onde os serviços daquela instituição não estão disponíveis.

Este valor, para além de corrigir as imperfeições dos silos, vai servir também para fazer a manutenção daquelas infra-estruturas que consiste, entre outros, na mudança de óleos e verificação dos computadores.

Quando fizemos os cálculos, em 2015, um dólar custava até 40 meticais, na altura precisávamos de 10 a 15 milhões de meticais, entretanto tivemos um agravamento do dólar em relação ao metical e, por isso, actualmente precisamos de até 25 milhões de meticais para fazer esses trabalhos. É a margem de segurança”, disse.

Para conseguir o valor em causa, a instituição submeteu um pacote de taxas, nomeadamente de armazenamento, intermediação, limpezas, entre outras ao Ministério da Indústria e Comércio (MIC), que é a entidade de tutela. 

Leia mais...

Editorial

Pacto Polícia-povo
domingo, 13 agosto 2017, 00:00
O nosso país tem passado por diferentes conjunturas que embaraçam o sentido da paz. A guerra amortecida em 1992, através da assinatura dos Acordos de Paz, a 4 de Outubro, é... Leia Mais

Versão-Impressa


Opinião

Desporto

Nacional

Breves

Sociedade

Reportagem

Cultura

Em foco

Temos 381 visitantes em linha

Banca de Jornais

Sociedade do Noticias
  • EconomiaEconomia
  • CulturaCultura
  • DomingoDomingo
  • DesafioDesafio
  • NotíciasNoticias

Conselho de Administração

Bento Baloi Presidente

Rogério Sitoe Administrador

Cezerilo Matuce Administrador