Moçambique tem as portas escancaradas para exportar o que quiser para a Índia, sem pagar tarifas, menos álcool e tabaco. Mas tudo o que vai daqui para aquele país asiático é algodão, castanha de caju e feijão bóer quando, só no domínio dos feijões, os indianos estão a espera de cinco variedades que se produzem por aqui. 

Em entrevista ao nosso jornal, o embaixador da Índia, Rudra Gaurav Shrest, até brinca com o assunto afirmando que “somos muitos na Índia e precisamos de mais tipos de feijão, mas Moçambique só nos manda feijão bóer”.

Note-se que Moçambique é o maior receptor do investimento indiano no continente africano com uma cifra acima de sete biliões de dólares, equivalentes a cerca de 25 por cento de dinheiro que aquele país asiático aplica em África. 

Texto: Jorge Rungo e Angelina Mahumane 

Leia mais...

Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 63,6 64,83
ZAR 4,56 4,65
EUR 71,57 72,96

11.04.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 167 visitante(s) ligado(s) ao Jornal

+ lidas