A vigésima sétima jornada do “Mocambola” prossegue hoje com a disputa de dois jogos importantes para as contas na corrida ao título.

A União Desportiva do Songo, líder da prova com 54 pontos, desloca-se ao Chiveve para defrontar o Ferroviário da Beira, que ainda não tem a sua situação definida no que concerne a luta pela manutenção. Se os hidroeléctricos vencerem poderão dar um passo importantíssimo para a revalidação, no entanto, vai entrar em campo com os ouvidos em Nacala, onde o Ferroviário de Maputo, com 50 pontos, vai jogar diante do homónimo local.

Os pupilos de Nelson Santos precisam de vencer esta partida para manterem viva a esperança de conquistar o campeonato, que lhes foge desde 2015. No entanto, vão ter pela frente uma equipa que esta em situação de aflição, face a sua posição na tabela classificativa. A equipa de Sérgio Faife, que no ano passado terminou em terceiro lugar no “Mocambola”, este ano luta desesperadamente para não cair na zona de despromoção, sendo que a vitória seria o melhor resultado para si neste jogo.

Texto de JOCA ESTÊVÃO

Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,96 61,15
ZAR 4,17 4,25
EUR 68,7 70,06

19.10.201Banco de Moçambique