A vigésima sétima jornada do “Mocambola” prossegue hoje com a disputa de dois jogos importantes para as contas na corrida ao título.

A União Desportiva do Songo, líder da prova com 54 pontos, desloca-se ao Chiveve para defrontar o Ferroviário da Beira, que ainda não tem a sua situação definida no que concerne a luta pela manutenção. Se os hidroeléctricos vencerem poderão dar um passo importantíssimo para a revalidação, no entanto, vai entrar em campo com os ouvidos em Nacala, onde o Ferroviário de Maputo, com 50 pontos, vai jogar diante do homónimo local.

Os pupilos de Nelson Santos precisam de vencer esta partida para manterem viva a esperança de conquistar o campeonato, que lhes foge desde 2015. No entanto, vão ter pela frente uma equipa que esta em situação de aflição, face a sua posição na tabela classificativa. A equipa de Sérgio Faife, que no ano passado terminou em terceiro lugar no “Mocambola”, este ano luta desesperadamente para não cair na zona de despromoção, sendo que a vitória seria o melhor resultado para si neste jogo.

Texto de JOCA ESTÊVÃO

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 63,6 64,83
ZAR 4,56 4,65
EUR 71,57 72,96

11.04.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 284 visitante(s) ligado(s) ao Jornal

+ lidas