“Portanto, muitos são chamados, mas poucos escolhidos!” Mt 22:14

 

No que tange ao domínio do Ensino Superior, a promiscuidade no uso de títulos académicos “institucionalizou-se”. Basta alguém matricular-se numa instituição daquele nível de Ensino e já é tratado por “Doutor”, independentemente do curso a que se candidatou. É praticamente unanimidade nacional, presenciarmos com o coração a doer-nos, alguns coitados que nem o Ensino Secundário concluíram, mas que incham os ombros quando são tratados por “Doutores”! Parece-nos que a Arquitectura, as engenharias e demais cursos universitários não têm o mesmo peso e empregabilidade que o Curso dos “Doutores”. Porém, o Glossário da Língua Portuguesa exige que para o tratamento pelo título de “Doutor”, deve essa pessoa ter recebido de uma faculdade universitária a mais alta graduação, após defender uma tese: (nem que seja uma tese sobre como criar, domesticar, povoar, matar e comer um “vondo”, –ratazana roedora comensal que tem alta taxa reprodutiva durante toda a sua vida podendo ter de 38 a 114 filhotes)! Condescendendo no entanto e por deferência,a lexical portuguesa, bem como a internacional, permite que o termo “Doutor” possa ser aplicado excepcionalmente aos advogados e médicos. Esta significação tem origem, quiçá, nas antigas Universidades de Bolonha e Montpellier que tinham a tradição de conferir tais títulos especialmente às duas categorias atrás mencionadas. Outra excepção vai para a pessoa que recebe o título de “doutor honoris causa que pode usar a abreviatura de Dr.h.c.”.Caso já tenha um título de doutorado académico, poderá utilizar a abreviação Dr.Dr.h.c..Estes são os critérios para o uso do título de “Doutor”. No que tange ao tema que escolhemos para debate hoje (considerado por alguns como delicado), embora reconheçamos que neste mundo actual é difícil definir o que é um acto heróico, apesar de todos termos certa intuição dele, porém desconhecemos a sua essência e razão. De acordo com a mitologia grega, os heróis eram vistos como semideuses, figuras míticas que se destacavam por serem supostamente filhos dos deuses. Mas voltando aos dias actuais, cada país tem critérios próprios para designar os seus heróis. Vou dar dois exemplos.Todos nós sabemos que roubar é um delito, mas na Coreia do Norte, quando uma pessoa se arrisca a roubar sacos de arroz para alimentar a sua família faminta sabendo que depois disso será detido e torturado, consideram isso um acto heróico. 

Kandiyane Wa Matuva Kandiya

Leia mais...

 
This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
 
Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,96 61,15
ZAR 4,17 4,25
EUR 68,7 70,06

19.10.201Banco de Moçambique

Mais lidas