A Praça da Independência, na cidade de Maputo, é o palco escolhido para as celebrações do Dia Internacional da Dança (29 de Abril) e, à semelhança do que sucede um pouco por todo o mundo, debates, oficinas, espectáculos de dança e demais actividades irão preencher a efeméride que terá também um cunho humanitário.

“Mulheres Guerreiras” é o título de uma exposição de artes plásticas assinada por Silva Dunduro, artista plástico que por acaso é ministro da Cultura e Turismo de Moçambique, que pretende ser, a um só tempo, uma homenagem à mulher e também um gesto de solidariedade às vítimas do ciclone Idai.

O jovem poeta moçambicano Leco Nkhululeko vai apresentar, no próximo dia 18 de Abril, no Teatro Avenida, um espectáculo misto. Poesia, música e dança são as modalidades artísticas que serão cruzadas no palco do Avenida em um espectáculo denominado “Mulher da noite-o eterno amor”.

Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 63,6 64,83
ZAR 4,56 4,65
EUR 71,57 72,96

11.04.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 194 visitante(s) ligado(s) ao Jornal

+ lidas